Família Reserva Temos o que falar

RESERVATÓRIO – THOMAS TROISGROS por FELICIDADE RESERVA

reserv

Família, o café da manhã com o Thomas Troisgros foi baseado em muita comida e bate-papo.
O resultado desse encontro foi um vídeo gostoso de ver.

Olha aí:

FAMÍLIA DE 2 MILHÕES! por FELICIDADE RESERVA

Esse vale copiar de cabo a rabo.

Nossa galera de Mídias Sociais tá arrebentando!

Reserva_2milhoes_curiosidades_02

 

Pois é, um dia você acorda e percebe que a família cresceu!
Há 5 anos entendemos as mídias sociais como um caminho alternativo e direto para comunicar com aqueles que mais vibram com a nossa marca: nossos clientes.

 

E como bem disse o nosso Sorridente “investimos num departamento de mídias sociais quando ninguém ainda falava disso no país e, não tenho dúvidas, credito a essas mídias e ao trabalho de um bando de loucos que tocaram, tocam e tocarão o departamento de Mídias Sociais da Reserva boa parte do reconhecimento da marca a nível nacional”.

 

E entre tantas histórias, tantos risos compartilhados, likes, alguns choros e muita, mas muita vontade de mudar o mundo, chegamos a uma conclusão: isso aqui é amor, porra!!!

 

Isso tudo é NOSSO, sintam-se parte. Compartilhem e gritem para os quatro cantos com quantos likes se faz uma  #FamiliaDe2Milhoes !!!!

 

P.S: A Reserva é hoje a maior marca em quantidade de fãs de sua categoria de mercado no Facebook. Mas não adianta ser a maior, e, por isso, trabalhamos todos os dias também para ser a melhor!!

PENETRAS BOMBANDO! por FELICIDADE RESERVA

O mês de setembro chegou abençoado com 30% de desconto em todos os VANS AUTENTICS do site. Maravilha, né? Bom, como ninguém aqui está pra brincadeira e queremos alegrar ainda mais a Família, aqui vai: O FRETE É GRÁTIS!!!

Untitled-2

Mas calma lá! Antes de você já ir digitando, clicando e comprando…não vamos nos afobar! Dá pra comprar diretamente na loja. Você só precisa mostrar seu CPF e comprovar que é da Família.

Vale ainda destacar que temos um link próprio e o frete só será grátis se você clicar diretamente nele. Só nele, beleza? O frete não dá pra ser estornado então esse link é tipo o Sorridente do E-commerce: Único!

Além disso, o pessoal do E-commerce sugeriu a criação de apenas um carrinho de compras para o VANS, para não misturar com os 40% de desconto em roupas que nós privilegiados da Família possuímos. Demorô?

Aqui vai o passo a passo, pra ninguém se perder na maré:

- Clique no LINKMEGABLASTER (não se esqueçam, só dá pra comprar por esse carinha).

- Adicione o cupom: FAMILIAVANS30

- Finaliza a compra. Você pode comprar até 4 VANS!

Qualquer dúvida, a galera do E-commerce e nós da Felicidade estamos a postos!

Boa segunda, Família!

RESERVATÓRIO – THOMAS TROISGROS por FELICIDADE RESERVA

reservatorio2

Nesta quarta-feira (27/08), às 9h (em ponto), vai rolar um bate-papo com direito a café da manhã regado ao lado do Thomas Troisgros. O Thomas, pra quem ainda não sabe, é o criador do nosso tão amado T.T. Burguer e é também filho do Claude Troisgros – as mulheres da Família, com certeza já devem ter visto o ” Que Marravilha”, no gnt.

Pois é, o Thomas estará disponível para responder a todas as nossas dúvidas sobre o universo da culinária ou qualquer outra dúvida que você tiver, tipo “de onde você tirou que ketchup e goiabada dariam uma combinação tão boa?”

A Família inteira está convidada. E ó não se esqueçam de trazer alguma coisa pra acrescentar no café da manhã. Sugestão do Thomas: Alguma fruta de sua escolha ou frutas secas.

Qualquer dúvida é só falar com a galera da Felicidade.

Nos vemos lá!

SANTA SEXTA por FELICIDADE RESERVA

Ela chegou!

E nós, Felizes que somos, viemos sugerir as melhores opções do que fazer nessa sexta tão santificada pela Família! Tem programa pra todas as idades e gostos, o importante é ter a juventude correndo nas veias, no espírito! E, claro,  não ter preguiça pra sacudir.

Vem comigo que hoje tem, amigo:

cej-foto-ana-quintella-41

COMPANHIA ESTADUAL DE JAZZ

Pra quem gosta de um bom swing, a Companhia de Jazz estará no Vizta, no Hotel Marina Palace. A banda realizará  homenagem ao maestro e compositor Moacir Santos.

Ingressos
– Bilheteria: R$ 45
Endereço: Avenida Delfim Moreira, 630 – Leblon. Tel. (21) 3613-5150

Ago2014

BAILE DO BENE

Agora, os funkeiros de plantão da Família não podem perder o baile do Bené, com um encontro pesadão: BUCHECHA, MARCINHO & BENEDITO.

Ingresso: R$ 30 merréis
Endereço: Fundição Progresso – Rua dos Arcos, 24. Lapa – CENTRO

10526137_10154396354535212_8929278577820293723_n

JUST FOLLOW

A Just Follow está de volta à Fosfobox com o objetivo de misturar raízes multiculturais! Estarão lá DJS  da Inglaterra, Alemanha e Itália.

Entrada: Até 01h30 – R$30 (com nome no mural)
Após 01h30 – R$40 (com nome no mural)

Sem nome na lista:
50R$ – não seja um solitário, arruma alguém pra colocar seu nome!
Endereço: Rua Siqueira Campo, 143, Copacabana – Rio de Janeiro.

Se tiver uma boa sugestão, só mandar!

Bom final de semana, Família!

 

RESERVATECA – LIVROS NOVOS por FELICIDADE RESERVA

RESERVATECA

Sim! Está quase chegando a hora do nosso tão esperado final de semana!

Mas calma aê!! Antes de saírem correndo porta à fora, não se esqueçam de dar uma olhada nos novos livros que chegaram na nossa Reservateca! Vai, vai!

LARICA DO DIA por FELICIDADE RESERVA

Bom dia, Família Reserva!!

Hoje, a sugestão da Larica veio da Ilana Frank. Ela costuma fazer um cheesecake quando recebe visitas e resolveu compartilhar a receita super fácil com a gente.

Dá uma olhada:

 

CHEESECAKE DE AMORA

  • Ingredientes
  • Massa
  • 1 pacote(s) de biscoito maisena triturado(s)
  • 5 colher(es) (sopa) de manteiga (vai colocando até você sentir a massa)
  • Recheio
  • 2 lata(s) de leite condensado 
  • 400 gr de cream cheese (quase 2 potinhos, mas eu coloco os dois inteiros para ficar menos doce)
  • 1 pacote gelatina incolor sem sabor
  • 2 lata(s) de creme de leite 

Você pode fazer com metade disso, porém o recheio vai ficar muito fino e você não vai sentir muito.

  • Cobertura
  • Geleia de amora ou qualquer outra a seu gosto

Preparo

Massa

Triture os biscoitos e misture com a manteiga formando uma massa. Forre um refratário e leve ao microondas por 4 a 5 minutos na potência alta (a cada minuto vai tirando para ver como esta, não deixa direto porque pode queimar). Reserve.

Recheio

Bata o leite condensado e o cream cheese por 10 minutos. Acrescente o creme de leite e a gelatina dissolvida em 5 colheres (sopa) de água aquecida no micro por 30 segundos na potência alta (até abrir fervura, ai você desliga o microondas, não deixe vazar).

Montagem

Estique a massa em uma forma que solta o fundo e coloque o recheio sobre a massa. Coloque na geladeira por 2 horas e após ficar “durinho” decore com a geleia. Dica, não coloque a geleia direto no doce, misture um pouquinho antes em um copo para que ela fique mais molinha, assim é mais fácil para espalhar. Após isto, deixe na geladeira por mais uma hora e sirva soltando o fundo da assadeira e colocando em uma travessa bem bonita.

 

Ilana, suas visitas que são felizes!

“ROUPA NÃO É OBRA DE ARTE” por BLOG DA RESERVA

Nosso sorridente deu uma super entrevista para o Estadão essa semana que encheu a gente de orgulho. Nela, o Rony fala do passado, presente e, claro, o futuro da Reserva!

 

Se você acha que a Reserva está a mil …. então se prepare pois ainda vem muito mais por aí!! Se liga:

image
Com a nossa venda em multimarcas, conseguirmos cobrir quase todo o Brasil. Estamos em 14 estados, com 1400 pontos de vendas. Com as lojas próprias, temos muita força no Rio, São Paulo e Minas. Agora, há uma propensão maior em subir para o Nordeste, há um crescimento forte na região. Vemos isso pelo aumento de vendas em multimarcas e também em nossa loja em Salvador.

image
Totalmente. Temos um investimento bem acima da média em e-commerce hoje. Acho que dentro do mercado de moda do nosso segmento, somos o que usamos a tecnologia mais avançada, a mesma de marcas como Gap a Burberry. Fizemos esse investimento no ano passado. Eu não vejo o e-commerce como mais uma loja, para mim, é um canal logístico. Hoje operamos em um modelo nas lojas que é o de reposição automática, ou seja, você faz um pedido de 20 peças, recebe no seu centro de distribuição e manda só duas peças para cada loja. Diariamente, você repõe os produtos com base nas vendas, dessa forma, otimiza seu estoque e garante produto em todas as lojas. O nosso e-commerce lê o estoque do centro de distribuição, então, o maior estoque está disponível justamente para o e-commerce. Para dar uma ideia, as lojas daReserva faturam 90 milhões de reais por ano, o e-commerce chega a faturar 20 milhões, ou seja, já representa mais de 20% do faturamento total da empresa.

image
Acho que ela vai crescer muito por causa da Internet. Você abre o seu armário – ou a sua vida – e percebe um conjunto de influências artísticas, comportamentais, etc. Então, quando a gente decide vestir algo, fazemos uma colagem de coisas que vimos e que fazem sentido para gente. A Internet aumentou muito esse tipo referência no Brasil. Vejo a roupa de uma forma individual, por exemplo, a calça, a camisa, a jaqueta. Acho que a moda masculina caminha para isso: peças básicas que misturadas de certa maneira vão compor a personalidade de cada um. Não acredito nessa coisa de alguém vestir tudo de uma mesma marca. Isso não existe.

image
Isso faz parte de uma visão “ponto com”, que aplicamos no e-commerce. Duas coisas são importantes para quem compra online: a experiência de compra tem que ser rápida e a entrega precisa cumprir o prazo. Esse é o serviço que mais importa, represente 80% do que é mais importante, depois vem o resto. O consumidor da Reserva é um cara prático, ele não usa só Reserva, isso seria uma pretensão nossa. Ele usa várias marcas bacanas, então pensamos que seria uma comodidade para ele e um grande valor agregado para nós se tudo estivesse no site. Queremos que o cara passe uma vez o cartão e ache o que ele precisa, por isso a ideia dos Penetras. Mas não temos pretensão de ser uma Dafiti, o que queremos é fazer uma curadoria.

image
Esse foi um projeto que surgiu para essa loja do jardins, que para mim é um símbolo de resistência. Fomos assaltados, a loja pegou fogo, todo mundo disse que a gente tinha que fechar. Mas somos empreendedores e decidimos que ela iria virar a flagship da marca. Eu sou um outsider da moda, sou um curioso patalógico, e é disso que nasce a Reserva. Então, com essa loja queria homenagear o que aconteceu de legal nos Jardins, como a Ellus Second Floor, no início dos anos 2000, cheia de novos estilistas. Essa laje que criamos é uma vontade de homenagear isso, de trazer novos nomes. Conheci a Dr. Jones, adorei os produtos e resolvi convida-los para ter uma barbearia aqui, que vai funcionar de verdade. Isso tem a ver com o nosso DNA, de pegar algo que parece impossível e fazer. Não é o nosso produto que é incrível, é o jeito que produzimos e fazemos essa experiência que importa.

image
Sim. Temos 20 funcionários nessa área, porque eu entendo a Reserva muito mais como uma marca de comunicação do que de moda. Pra mim, roupa não é obra de arte, existe um consciente coletivo na área que funciona assim: ‘eu tenho um lifestyle melhor do que o seu, e eu vou te fazer um favor de te deixar comprar um pedacinho do meu lifestyle’. Acho isso uma besteira. Como eu sou um outsider, a Reserva nasceu em uma mesa de bar, eu e meu sócio falando sobre política, música, arte, cultura. A marca hoje é essa grande mesa de bar, que agregou mais um monte de gente, e que não acha que tem um lifestyle melhor do que ninguém. Quando pensamos em coleção, pensamos primeiro no que a gente quer falar, depois vem o produto. O produto é mídia e a campanha é conteúdo. Sou muito mais um publisher do que um estilista.

image
Acho o Paulo Borges um gênio, o que ele fez para esse mercado é de um legado sem fim. Agora, ele está tentando inovar algo que virou mainstream. O grande desafio é fazer essa renovação. Ele foi tão bem sucedido que as semanas de moda viraram um produto enorme. Então, percebo claramente um movimento dele de querer descobrir novos talentos pelo Brasil, lançar novos nomes.

image
Muito. Mas, no fundo, tudo é referência. O que é copiar? Olhar algo em uma loja e mandar fazer parecido é copiar? E quando você vê uma jaqueta em uma rua em Berlim, tira uma foto e depois usa de referência? Isso é copiar? Tudo é um remix, referências que se juntam, então, é uma perda de tempo ficar apontando quem copia ou não. Copiar uma logomarca é pirataria, um roubo. Agora, acho que cada vez mais os criativos vão assumir que existe esse remix de tudo, porque já há uma nova consciência e liberdade nesse sentido. Uma juventude que não tem medo de ser feliz, de falar a verdade.

image
Em um ambiente em que só tem regras pré-estabelecidas, tudo o que você fala é considerado polêmico. Falo a verdade, coisa que muita gente nesse meio não faz. Não pretendo mudar uma vírgula do que eu sou, porque se mudar, a Reserva morre. Sou um rebelde mesmo, e acho isso bom.

image
Acho que a Reserva tem essa coisa do sorriso no rosto, não tem essa coisa blasé da moda, não fazemos roupa para astronauta. A marca é mais afetuosa. E assim que lidamos também dentro da empresa. Nossa missão é “ser um amigo, não uma marca”, isso significa que começamos a ter cada vez mais consciência social.

image
Sim, mas acho que sustentabilidade virou um produto de prateleira, prefiro pensar em consciência. O lance é começar a fazer, não é criar uma plataforma para discutir o assunto. Uma das coisas que fizemos recentemente foi abrir 40 vagas de emprego para a comunidade de Barreira do Vasco, recentemente pacificada, vizinha de nossa nova sede em São Cristóvão. Aí fizemos uma parceria com a associação de moradores, botamos um carro de som para anunciar. Não fazemos isso pelo negócio, mas por um nível de consciência maior. Assumimos um pacto global com a ONU, um pacto que qualquer empresa pode assumir. Fizemos uma parceria com a Afro Reggae, criamos um selo para eles, o AR, voltando para o licenciamento e iniciativa privada. Qualquer marca pode usar o selo e paga os royalties para o Afro Reggae. Fomos a primeira marca a usar o selo em uma linha de roupas, a fazer uma campanha fotografada na sede do grupo. Mas é um selo que pertence ao Afro Reggae.


O esquema dela é o mesmo que deu início à marca Reserva. Começamos com um sistema de vendas em multimarcas, conseguimos um volume razoável e partimos para a loja própria. Além de ser um modo economicamente sustentável, também é uma forma de conhecer melhor as necessidades do público, escolher bem os fornecedores, fazer um bom posicionamento da marca, tudo isso antes de abrir uma loja própria. A Eva já era vendida em 200 pontos de venda antes de abrirmos a primeira loja, em Ipanema, no ano passado. Três meses depois, abrimos mais uma, no Rio Design Barra. Nesse ano, pretendemos abrir mais uma.


Ela é mais sutil, mais delicada, é a piada que a mulher ri, sabe? Não é aquele tipo de coisa que o homem fala e a mulher não acha graça. Ela, na realidade, não é o espelho da Reserva, que é bem mais rebelde e agressiva, ela é a mulher do homem da Reserva. Mas ainda vamos entender o que é a experiência Eva de atendimento. Para mim, isso é mais importante do que o produto. Temos que entender como a marca Eva vai ser para termos um plano de expansão.

PRINCÍPIOS 9 E 10 – RESERVA & ONU por FELICIDADE RESERVA

Família,

pra fechar nossa sexta, esses são os Princípios 9 e 10, do GLOBAL COMPACT, da ONU.

Eles são Princípios CONTRA A CORRUPÇÃO:

- PRINCÍPIO NÚMERO NOVE:

Decis_o 09 Bco

- PRINCÍPIO NÚMERO DEZ:

Decis_o 10 Bco

pagina anterior